BARREIRAS: equipe faz um balanço das ações e quadro da Covid-19

Publicado em: 12/5/2020

O Comitê de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE) se reuniu novamente na tarde de sexta-feira (08), na sede da Prefeitura de Barreiras, atendendo a convocação do presidente, secretário de saúde Anderson Vian. O encontro teve como objetivo analisar o quadro epidemiológico do Coronavírus no município e apresentar dados e relatório das medidas preventivas e de controle no enfrentamento a Covid-19.

O secretário iniciou o relatório destacando o trabalho das Barreiras Sanitárias, que realizaram 8.150 aferições de temperatura em pessoas na rodoviária e no aeroporto Dom Ricardo, já tendo abordado 196.083 veículos com a aferição da temperatura de seus ocupantes nas rodovias que cruzam o município. Dados da Vigilância Sanitária e fiscalização no comércio também foram mencionados, além das ações educativas, atendimentos na Central 24h, no Pronto Atendimento Coronavírus, imunização através de vacinas no drive thru e domicílio, entrega de medicamentos à domicilio.

Trazendo em seguida a atuação da Vigilância Epidemiológica do Município que já acompanhou 432 casos com síndrome gripal, destes, um total de 341 evoluíram para monitoramento e 90 casos que se enquadraram nos padrões de coleta para realização do teste RT PCR, com a conclusão de 02 resultados positivos, que já foram curados, 65 negativos e 23 aguardando a conclusão. Ainda foram realizados 79 testes rápidos com resultados negativos.

Nas ações voltadas aos trabalhadores da saúde, o secretário Anderson ressaltou que as capacitações de manejo clínico alcançaram 100% dos profissionais que atendem no Pronto Atendimento Coronavírus no Hospital Eurico Dutra e na UPA, sendo estendido a todos os profissionais da rede municipal de saúde. Outra ação foi à disponibilização de atendimento psicológico aos trabalhadores e disponibilização de EPI´s.

“Nosso trabalho é em rede, temos obedecido todas as recomendações do Ministério da Saúde e realizado medidas sanitárias e preventivas para proporcionar mais segurança à população. Nossas equipes estão trabalhando, se dedicando com todo empenho e nos próximos dias contaremos com o aporte do laboratório da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) na testagem dos casos suspeitos. Esse trabalho se fortalece à medida que contamos com a colaboração da população, fazendo o uso das máscaras, álcool em gel e mantendo o distanciamento social”, disse o secretário.

O promotor de justiça da 8ª Promotoria, Dr. Artur Rios, elogiou o comportamento da população que vem respeitando os decretos, e ajudando assim no controle do Coronavírus. “Acompanhamos de perto todas as ações da Secretaria de Saúde, e nesse momento a população de Barreiras entendeu a gravidade da situação, e estão usando máscaras e obedecido o distanciamento social. O Ministério Público está atento também as Fake News e os que insistem em disseminá-las serão responsabilizados, assim como seguiremos contribuindo através do Comitê Interinstitucional para superarmos juntos essa pandemia”, ressaltou o promotor.

O diretor do centro das ciências biológicas e da saúde da UFOB, Rafael Simões, salientou a parceria com a Prefeitura de Barreiras, AIBA, ABAPA e sociedade civil na capacitação do laboratório da Universidade para executar a testagem do vírus SARS-CoV-2. “Nosso trabalho deu um grande salto com a parceria da Prefeitura, produtores rurais e instituições que viabilizaram os recursos para a capacitação do laboratório de testagem. A atitude no Campus também mudou, os acadêmicos estão engajados nessa luta, e vamos reforçar o nosso papel como instituição de ensino superior”, salientou.

Também participaram da reunião o procurador geral do município Dr. Túlio Viana, a chefe de gabinete Marileide Carvalho, secretária de administração Gislaine Barbosa,  secretária de educação, Cátia Alencar, coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Barreiras, Doraci Oliveira, coordenador da Vigilância Sanitária, Canuto Ayres, diretor de comunicação Edivaldo Costa, representante da Aiba/Iaiba, Rosi Cerrato, vice-reitor da UFOB, Antônio Oliveira, presidente do Conselho de Saúde e dos Agentes Comunitários de Saúde, Gilvan Ferreira e os médicos infectologistas Isabele Lucena, Luciano Reale e Jorge Luis.

Fonte: PMB


  • Compartilhe: