BARREIRAS: para evitar aglomerações Dia D da Vacinação está suspenso

Publicado em: 08/5/2020

A terceira fase da campanha terá início na próxima segunda-feira, 11

Após a recomendação do Ministério da Saúde, a Prefeitura de Barreiras também suspendeu o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza que aconteceria nesse sábado, 09. A suspensão segue critérios estabelecidos nesse período de pandemia do novo coronavírus, tendo como foco evitar aglomerações e proteger pessoas do grupo de risco que são vulneráveis a Covid-19.

A vacinação da terceira fase da 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, para o novo grupo prioritário, terá início na próxima segunda-feira (11) em duas etapas. Dessa vez, serão vacinadas entre os dias 11 a 17 de maio, as crianças entre seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas até 45 dias pós-parto e pessoas com deficiência. A partir de 18 de maio, serão imunizados os adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas.

Embora a vacina não proteja contra o novo coronavírus, ela atua contra os vírus Influenza A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B, que apresentam sintomas semelhantes aos da Covid-19. De acordo com o secretário de saúde de Barreiras, todas as unidades de saúde estarão atendendo a partir dessa segunda-feira, já na zona rural a vacinação terá início na terça-feira (12).

“Em função desse período de pandemia, evitar aglomeração tem sido uma estratégia válida, dessa forma, acatamos a decisão do Ministério da Saúde e iremos atender normalmente em todas as unidades de saúde de segunda a sexta-feira. A meta é vacinar 90% do grupo prioritário da terceira fase. A Prefeitura de Barreiras vacinou na primeira etapa mais de 90% com estratégias importantes na proteção aos idosos e profissionais da saúde, dessa vez, iremos atender nas unidades de saúde de cada bairro, priorizando nesse primeiro momento as crianças menores de 6 anos, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência, com todo cuidado de distanciamento social e assepsia nas unidades”, pontuou o secretário Anderson Vian.


  • Compartilhe: