BARREIRAS: parecer técnico atesta caso negativo de Covid-19 em profissional de saúde

Publicado em: 03/5/2020

Buscando a transparência que o caso requer, a Secretaria de Saúde de Barreiras solicitou à Diretoria de Vigilância Epidemiológica – DIVEP, da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia – SESAB, Parecer Técnico sobre o caso suspeito de Covid-19, envolvendo profissional de saúde. Em sua manifestação, a DIVEP afirmou a condição negativa do caso.

Dentre outros considerandos, o parecer da DIVEP destaca que:

  1. a)O principal teste laboratorial disponível para o diagnóstico de pacientes sintomáticos na fase aguda da Covid-19 é o teste de biologia molecular (RT-PCR em tempo real) para detecção do vírus SARS-CoV2, considerado padrão ouro.

  1. b)A amostra clínica para biologia molecular (RT-PCR em tempo real) deve ser coletada preferencialmente até o sétimo dia de início de sintomas, podendo ter sido coletada até o décimo dia, quando a pessoa ainda estiver sintomática.

  1. h) É de fundamental importância esclarecer que resultados de testes rápidos não reativos não excluem a infecção por SARS-CoV-2 e resultados reativos não podem ser usados como evidência absoluta de Covid-19.

Após tecer consideração sobre os testes e metodologias para detecção do vírus SARS-CoV-2, o Parecer Técnico da DIVEP, assinado pela diretora, Márcia São Pedro Leal Souza, respaldado no teste de biologia molecular (RT-PCR em tempo real) realizado no 8° dia de sintomas que testou negativo, na realização da contraprova, pela metodologia da QUIMIOLUMINESCÊNCIA no 13º dia de sintomas e na investigação epidemiológica, constatou que o paciente não apresenta nenhum vínculo clínico epidemiológico, considerando o referido caso como NÃO CONFIRMADO para a COVID-19, portanto NEGATIVO.

A Secretaria de Saúde de Barreiras que já havia notificado o caso suspeito no Boletim nº 073, de 26 de abril de 2020, divulgou Boletim Extra, na quinta-feira, 30, detalhando o resultado da contraprova do exame para esclarecimento à população. Ainda ressalta que embora dois testes rápidos tenham testado positivo, isso não se equipara ao resultado do (RT-PCR em tempo real), considerado padrão ouro e a contraprova pela metodologia da QUIMIOLUMINESCÊNCIA.

“Nós lamentamos que diante desse cenário tão delicado e preocupante da pandemia do novo coronavírus, sejam propagadas notícias que se utilizam da desinformação para espalhar pânico à população. Por isso mantendo a transparência que tem pautado o trabalho dos profissionais que estão à frente das ações para o enfrentamento ao coronavírus, a Secretaria de Saúde encaminhou todas as comunicações, laudos e documentos que envolvem o caso para conhecimento do Ministério Público, esperamos que essas pessoas sejam responsabilizadas”, destaca o secretário de saúde, Anderson Vian.

A íntegra do Parecer Técnico está disponível no Site Oficial do Município (https://barreiras.ba.gov.br/).

Fonte: PMB


  • Compartilhe: