BARREIRAS: prefeitura nega participação em blitz e rebate fake news

Publicado em: 26/4/2020

Desde que o Brasil e o mundo passaram a conviver com a pandemia do novo coronavírus,  a Prefeitura de Barreiras vem tomado decisões importantes para assegurar a prevenção e a proteção da população barreirense, agindo sempre com coerência e responsabilidade na efetivação de medidas sanitárias para combater e enfrentar o novo coronavírus, causador da Covid-19.

Nesse sentido, o esforço da administração tem sido no emprego de todos os recursos e pessoal disponível na realização de medidas de prevenção e retaguarda para preservar a vida da população. Equipes de fiscalização, profissionais de saúde e segurança pública têm se empenhado diariamente para assistir e proteger a população barreirense, atuando nas barreiras sanitárias e diversas outras medidas que garantam o bem-estar de todos.

Na contramão desse esforço da gestão e da sociedade como um todo, há indivíduos que insistem em produzir e propagar notícias falsas (fake News) e factoides, disseminando mentiras e atribuindo ao gestor municipal ações que não tiveram e nem teriam sua autorização para ocorrer, especialmente em um momento que a preservação da vida e saúde pública é o principal foco da administração municipal.

Em uma destas disseminações fakes que começou a circular na noite dessa sexta-feira, 24, um vídeo sobre uma blitz realizada pelo Detran e Polícia Militar/Polícia Rodoviária Estadual nas imediações da Ponte de Cimento. O autor do vídeo acusa o prefeito de Barreiras de realizar blitz e aplicar multas com o intuito de prejudicar a população nesse momento de pandemia e vulnerabilidade. Diante dessa atitude indigna de um cidadão que não tem sensibilidade social nesse momento que estamos vivendo, a Secretaria de Segurança Cidadã e Trânsito informa mais uma vez a toda população, que a Coordenação Municipal de Trânsito – Cootrans não tem realizado nenhuma blitz nos últimos dois anos.

“Infelizmente, mais uma vez pessoas com atitudes inescrupulosas, tentam inflamar a população contra a Administração Municipal veiculando vídeos que atribui a Autoridade de Trânsito Municipal a realização de uma blitz na qual não há qualquer participação nem da Cootrans, nem da Guarda Civil Municipal. Não vamos admitir que propaguem impunemente esse tipo de inverdades. Fake news é crime! É preciso esclarecer que nossa equipe de Agentes da Autoridade de Trânsito há mais de dois anos não realizam e nem participam de blitz em parceria com outros órgãos de segurança pública, por isso vamos buscar junto a Procuradoria Jurídica do Município a responsabilização de quem está produzindo ou compartilhando essas inverdades”, declarou o secretário de segurança pública cidadã e trânsito, Júnior Sampaio.

A Prefeitura de Barreiras já está tomando todas as medidas cabíveis para punir juridicamente tais práticas, inclusive pela adoção de medidas legais para o produtor do vídeo responda judicialmente, medidas que alcançarão também os que compartilharem tais conteúdos.

Fonte: PMB


  • Compartilhe: