BARREIRAS: seminário sobre merenda escolar e empreendedorismo rural

Publicado em: 31/7/2019

Na manhã dessa terça-feira, 30, o Sebrae, em parceria com a Prefeitura de Barreiras, através das Secretarias de Agricultura e Tecnologia; e Indústria, Comércio e Serviços, realizou o Seminário de Compras Institucionais: Gestor Público e Agricultura Familiar. O evento aconteceu no auditório do Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho, reunindo representantes dos Sindicatos, Associação de Produtores Rurais, agricultores familiares, estudantes do Curso de Agronomia da Faculdade São Francisco de Barreiras – FASB, técnicos do setor de compra e licitações da Prefeitura.

A chefe de gabinete Marileide Carvalho, o secretário de agricultura, José Marques, o secretário de indústria, comércio e serviços, Carlos Costa e o subsecretário Roberto Carvalho, participaram do seminário que foi mediado pelo consultor do Sebrae, Itamar Queiroz. Com um diálogo direto aos agricultores, o consultor apresentou exemplos de diversos municípios com aquisição dos alimentos, cardápios específicos, chamadas públicas e cases de sucesso com a inserção da agricultura familiar na merenda escolar.

As discussões foram voltadas ao empreendedorismo dos agricultores familiares, o Programa Nacional de Alimentação Escolar-PNAE e orientações sobre a Chamada Pública, que é um canal de mercado que pretende ampliar inserção dos produtos da agricultura familiar no município, possibilitando assim, que instituições públicas municipais, estaduais e federais de administração direta e indireta, possam comprar alimentos por meio de chamadas públicas, com seus próprios recursos financeiros, com dispensa de procedimento licitatório.

O consultor Itamar ainda apresentou os relatórios da Chamada Pública de 2018 do município de Barreiras, publicado no Portal de Transparência, apontando diversos produtos que não foram adquiridos para merenda escolar por falta de oferta. “A intenção é, portanto, sensibilizar os agricultores, os gestores e técnicos de órgãos públicos, aproximando-os dos conceitos e aspectos legais da política pública do PNAE. Com certeza, após esse seminário acredito que teremos maior abertura e disposição dos agricultores, estabelecendo assim, um espaço de diálogo e fomento de negócios”, disse Itamar.

O secretário de agricultura, José Marques, salientou a importância das informações e que o processo traz benefícios a todas as partes. “Esse seminário foi um espaço para discutir, aprender, trocar experiências e mostrar ao agricultor familiar, que se ele qualifica sua produção, poderá atender às exigências do mercado e abre um novo canal de comercialização da produção. Os órgãos governamentais utilizam o poder de compra para aquecer a economia local, contribuindo com a inclusão social e produtiva dos agricultores, além de promoverem a Política de Segurança Alimentar Nutricional nas escolas de forma adequada, dando aos consumidores acesso a uma alimentação saudável, mais rica nutricionalmente e mais adequada as suas necessidades”, considerou José Marques.

Fonte: PMB

  • Compartilhe: