Brigadistas combatem incêndios florestais há 15 dias

Publicado em: 09/3/2019

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e brigadistas voluntários atuam há quinze dias em incêndios florestais em diferentes locais do estado.

Na operação, além de voluntários, brigadistas, técnicos e veículos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), suporte e infraestrutura da Secretaria de Meio Ambiente, foram utilizadas duas aeronaves.

De acordo com informações do Instituto Nacional de Conservação da Biodiversidade Chico Mendes (ICMBio), 4,8% do Parque Monte Pascoal, em Porto Seguro, incluindo áreas de Mata Atlântica, manguezal e florestas de restinga foram queimados. O incêndio foi contido. Os Bombeiros ainda trabalham há quinze dias, com o auxílio de 4 aeronaves, para combater outro foco em uma área próxima.

“Até esta quinta-feira (7), já foram utilizadas, somente nessa área, aproximadamente 190 horas de vôo para combate e monitoramento aos focos, […] Vamos continuar dando todo o suporte necessário para minimizar os impactos, mas é importante que a população esteja consciente do grande problema ambiental e prejuízo financeiro que as queimadas irregulares causam”, afirma o secretário do Meio Ambiente, João Carlos Silva.

Incêndios, já extintos, atingiram também o litoral norte e municípios no sul do estado. Em alguns casos, brigadistas voluntários suspeitam de incêndios criminosos.

Na região da Chapada Diamantina, próximo ao município de Itaberaba, os Bombeiros Militares deram suporte ao rescaldo do fogo na Serra do Orobó. Incêndio que também já foi controlado com auxílio da chuva. Os brigadistas seguem monitoramento a área.

As ações do “Bahia Sem Fogo”, do Governo do Estado, visam à prevenção, combate e monitoramento a incêndios em áreas de Unidades de Conservação no estado. O Comitê é formado por representantes de secretarias estaduais e Corpo de Bombeiros Militares do Estado da Bahia (Cbmba).

 

Com informações da Ascom Sema

  • Compartilhe: