Estudantes da rede pública vão representar a Bahia em eventos internacionais

Publicado em: 03/12/2020

Os estudantes da rede estadual de ensino estão tendo cada vez mais destaque nas feiras científicas nacionais e internacionais. Dois projetos, desenvolvidos por estudantes de Salvador e Livramento de Nossa Senhora, foram premiados na 16ª edição da Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia (FENECIT), que aconteceu no período de 24 a 28 de novembro, em Recife, Pernambuco. Com isto, foram credenciados a representar a Bahia e o país em eventos internacionais.

Com o projeto “Implantação de uma mini usina de compostagem a partir de materiais recicláveis”, o estudante Jackson Menezes, 19, 3º ano, do Colégio Estadual da Bahia (Central) e do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Salvador, ganhou três prêmios. São eles: credenciamento para apresentar o projeto na Youth Science Meeting, Encontro de Ciência da Juventude, que acontecerá em Coimbra, Portugal; segundo lugar da área de Ciências Agrárias; além da premiação por votação popular. O projeto também foi selecionado para ser apresentado no evento Jóvenes Científicos por Puerto Rico, que acontecerá em 2021, em Porto Rico.

“Agradeço ao CJCC e ao Colégio Central pela oportunidade de conhecer os caminhos para fazer ciência e às minhas professoras e orientadoras Solange Rodrigues e Sueli Menezes pelo empenho nos momentos de orientação. Fico muito grato com a conquista dos prêmios, pois, para nós, estes prêmios representam a valorização da educação pública. Acredito que este projeto tem uma grande relevância para o mundo biológico e social. Através dele, eu posso transmitir conhecimento à sociedade sobre a problemática do lixo e, também, mostrar a outros estudantes que podemos mudar o mundo através da educação pública”, afirmou Jackson.

Já as estudantes Julya Pires da Silva, Tainá Larissa Nascimento, ambas com 17 anos, 3º ano, do Colégio Estadual João Vilas Boas, localizado em Livramento de Nossa Senhora, conquistaram o primeiro lugar na área de Meio Ambiente e o credenciamento para participar da MILSET Expo-Sciences Asia, que acontecerá em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em 2022. Elas são autoras do projeto “Lima-da-pérsia como solução alternativa e natural para a desinfecção da água”, orientado pela professora Ana Paula da Rocha. O projeto também será apresentado durante a Feira Científica-Tecnológica Mariscal Estigarribia (FECIMAR), que acontecerá em 2021, no Paraguai.

Para Julya, este reconhecimento é gratificante. “Estamos muito felizes com esta conquista, pois realmente queríamos criar uma solução eficaz e de baixo custo e isso é fruto de muito estudo e dedicação. Tivemos a oportunidade de apresentar o projeto em outro estado e isso é muito bom. Agradeço a todos que nos ajudaram para participar da feira”, disse, entusiasmada.

Fonte: SEC-BA


  • Compartilhe: