Jurailton Santos defende usuários do sistema ferry-boat e pede providências ao governo

Publicado em: 07/10/2020

O deputado estadual Jurailton Santos (Republicanos), chama atenção do governo do Estado, para as péssimas condições do sistema ferry-boat em Salvador. A degradação das estruturas das embarcações, o estado precário do terminal e as longas filas, são algumas das reivindicações dos usuários, que dependem do serviço diariamente.

Jurailton, que é membro titular da Comissão de Defesa do Consumidor e Relações de Trabalho na Assembleia Legislativa da Bahia, relata que tem recebido inúmeras reclamações da população, que realiza a travessia Salvador / Itaparica. “Recebi várias denúncias, inclusive, em relação à falta de estrutura, dificuldade na compra de passagens, acessibilidade, serviço de saúde, higiene e, ainda qualidade dos assentos. Passa gestão, sai gestão, entra concessionária, muda concessionária, tudo muda – menos os problemas”, cobra o deputado.

O republicano ainda questiona a empresa que presta o serviço, e pede um olhar mais humano, uma vez que passam por ali, crianças, idosos e pessoas que possuem alguma deficiência. “Ninguém está pedindo nada, é uma obrigação oferecer serviço de qualidade. Estou atento. A população não aguenta mais o descaso e a inércia de quem nada faz para melhorar esse serviço tão importante”, conclui Jurailton.

Na Assembleia Legislativa, o parlamentar apresentou algumas proposições em defesa dos usuários que utilizam o sistema ferry-boat, a exemplo do PL 23.181/2019, que exige que o sistema hidroviário contrate um enfermeiro habilitado em atendimento emergencial, para trabalhar na embarcação durante o processo de travessia, e o PL nº 23.157/2019, que isenta o pagamento de tarifa do pedágio na ponte Salvador–Itaparica, para proprietários de veículo automotor que possuam residência permanente na Ilha e trabalham ou estudam em Salvador.

Fonte: Assessoria Parlamentar


  • Compartilhe: