MUQUÉM: caminhoneiro é preso por dirigir embriagado

Publicado em: 07/4/2020

A prisão aconteceu durante ações da PRF voltadas para o combate à pandemia do novo coronavírus.

Em meio a pandemia da Covid-19, policiais rodoviários federais detiveram um motorista profissional por embriaguez ao volante. O flagrante foi registrado por volta das 16h30 de domingo (05), no KM 641 da BR 242, trecho do município baiano de Muquém de São Francisco.

Os agentes federais prestavam apoio à Secretaria Municipal de Saúde local, nas atividades preventivas de enfrentamento à contaminação e disseminação da Covid-19, quando foram acionados para averiguar uma denúncia de embriaguez.

Prontamente, a equipe iniciou as diligências para averiguar a situação, quando abordaram o caminhão IVECO/ 450 E33T, conduzido por um homem de 41 anos.

Inicialmente, foram solicitados os documentos do condutor e do veículo. Em seguida, os PRFs realizaram o teste com o etilômetro, cujo resultado no aparelho aferiu 1.32 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões), comprovando a embriaguez. Ressalta-se que resultado igual ou superior a 0,34 mg/L, já é considerado crime de trânsito.

Além de detenção por crime de trânsito, a multa por alcoolemia custa R$ 2.934,70, valor que é duplicado em caso de reincidência. Ademais, ocorre a penalidade administrativa que suspende ou proíbe o motorista de obter a habilitação ou permissão para dirigir veículo automotor por um período de 12 meses. Diante dos fatos, a ocorrência encaminhada à Delegacia de Polícia Civil local para adoção das providências necessárias.

A PRF alerta que embora esteja atenta e atuante nos assuntos de saúde pública, continua prestando segurança ao Brasil e permanecerá com o policiamento ostensivo e patrulhamento preventivo das rodovias federais na sua missão de proteger vidas.

Fonte: PRF-BA


  • Compartilhe: