FEIRA: cão farejador rastreia mais de 100kg de maconha em ônibus

Publicado em: 28/5/2020

Flagrante ocorreu nesta terça-feira (26) durante abordagem a ônibus de turismo que seguia de São Paulo (SP) para Iguatu (CE).

Com a ajuda do cão farejador K9 Friedel, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 103 quilos de maconha em um ônibus de turismo. A ação aconteceu na tarde desta terça-feira (26), no Km 429 da BR 116, em Feira de Santana (BA). Passageiro foi preso.

Os agentes realizavam fiscalização de combate a criminalidade na rodovia quando abordaram um ônibus, que saiu de São Paulo (SP) com destino a cidade cearense de Iguatu.

Ao subir no veículo e conversar com os ocupantes, a equipe decidiu aprofundar à fiscalização no ônibus. O cão K9 Friedel sinalizou que dentro de três malas havia droga. Com a indicação positiva, os PRFs revistaram as bagagens e encontraram vários tijolos de maconha.

Foi realizada a checagem das bagagens e identificado o responsável pela maconha. Com ele foi encontrado mais uma sacola contendo tabletes do entorpecente. Ao todo foram apreendidos 103 quilos da droga.

Aos policiais, o homem de 21 anos que é mecânico, disse que foi interceptado por um rapaz em São Paulo e que o mesmo ofereceu 1.500 reais para levar uma encomenda para o Ceará. Que aceitou fazer o transporte e foi lhe dado um aparelho celular com chip ativado para contato no local de entrega das bagagens.

Diante dos fatos, foi dada a voz de prisão ao passageiro e ele foi encaminhado com a droga à Delegacia da Polícia Judiciária, para os procedimentos cabíveis. Ele responderá pelo crime de tráfico de drogas (art. 33 da lei de tóxicos).

A PRF apertou o cerco ao narcotráfico e alguns fatores contribuíram para esses resultados como o investimento na capacitação do efetivo, a implementação da tecnologia, a utilização de cães farejadores, as ações integradas com outras forças policiais e o aumento das ações de inteligência.

É a Polícia Rodoviária Federal, reiterando mais uma vez seu comprometimento com a proteção dos brasileiros; seu profissionalismo no fortalecimento da segurança pública; e sua participação na construção de um Brasil mais ético e justo.

Fonte: PRF-BA


  • Compartilhe: