FORMOSA: Brigada Municipal de Incêndios Florestais é implantada

Publicado em: 03/12/2020

Formosa do Rio Preto implantou em 2020 a brigada municipal de incêndios florestais, parte do Programa de Controle de Incêndios Florestais: Formosa sem Fogo. A ação da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos tem por objetivo ter uma equipe preparada, equipada e à disposição para o combate ao fogo nos meses mais críticos de queimadas e é o primeiro passo para elaboração do Plano Municipal de Combate a Incêndios Florestais, que contribuirá com o planejamento e orientação no trabalho contra os incêndios florestais no município.

É mais uma iniciativa da atual gestão voltada à proteção à vida e ao patrimônio natural em Formosa. No último mês de agosto, foi aprovada e sancionada a Lei Municipal 258/2020 que proíbe as queimadas nas vias públicas e nos imóveis urbanos no âmbito do município.

A brigada municipal de incêndios florestais iniciou sua atuação neste ano. Em novembro, foram entregues os kits com EPIs e fardamento para os brigadistas, contendo boné, capacete, óculos de proteção, máscara, balaclava, lanterna, bota, calça, gandola, camiseta, meia, mochila e sacola.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Leanderson Barreto, a formação da brigada deverá atender as demandas do município, tanto na zona urbana, no combate de focos de incêndios em áreas públicas e privadas, contribuindo para a melhoria da qualidade do ar e bem-estar da população, minimizando os possíveis prejuízos ao patrimônio público/privado, como também, na zona rural, de modo a diminuir os danos causados pelo fogo em pequenas propriedades rurais em áreas de vegetação nativa, de Unidade de Conservação e de Proteção Permanente (APP’s), tais como: margens dos rios, córregos, veredas.

Com o Programa de Controle de Incêndios Florestais: Formosa sem Fogo, implantado em 2020, o município fará a contratação provisória anualmente, no período especificado de agosto a outubro, de dez brigadistas, sendo um deles o coordenador da equipe. O projeto tem o apoio das secretarias de Agricultura, Infraestrutura e Transporte, na disponibilização de carros-pipas e logística necessária.

Fonte: PMFRP


  • Compartilhe: