Notícias

Governo da Bahia libera meio milhão para investir no Forró do Seu Antônio em Cardeal da Silva

Publicado em: 06/6/2024

Evento acontece neste final de semana entre 7 e 9 de junho

O Governo da Bahia liberou, através da Sufotur, R$ 500 mil para investimento em festejos juninos no município de Cardeal da Silva. O Forró do Seu Antônio, evento que abre o período de festas no mês de junho no Litoral Norte do Estado, será o principal beneficiado com o aporte financeiro. A festa acontece neste final de semana entre os dias 7 e 9 de junho com os principais nomes do forró dos cenários local e nacional.

A liberação da verba foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no último dia 28. Com o investimento estadual e federal, recebidos através de emendas parlamentares, o Forró do Seu Antônio vai aquecer a economia do Litoral Norte nos setores de comércio, hospedagem e transporte.

O prefeito de Cardeal da Silva, Branco Sales (PP) afirma ainda que a disposição de recursos municipais será mínima, apenas para cobrir os gastos
com estrutura da festa. “Temos uma parceria muito positiva com os Governos do Estado e Federal, que se dispuseram em investir no município de Cardeal, especialmente no período de festas juninos que mexe com diversos segmentos da cidade em benefício da população. Estamos com toda a expectativa para esse grande evento, além do retorno financeiro, é a intensificação do acesso à cultura”.

A grade de atrações do Forró do Seu Antônio atrairá o público para curtir grandes artistas do forró como Mari Fernandez, Mastruz Com Leite, Luan Estilizado, Fulô do Mandacaru, Israel Peruano e Forró do Tico.

A estimativa da Prefeitura é que os trabalhadores de evento e segmentos de turismo de cidades vizinhas sejam beneficiados com uma renda extra duas vezes maior que o esperado para o período junino. “Muitas famílias vivem da renda que adquirem no período junino em que há uma movimentação intensa de baianos nas estradas em direção ao interior para sentir o clima da época. Estamos oportunizando, acima do entretenimento, mais uma chance de incrementar o poder de compra daqueles que dependem do turismo e do comércio forma ou informal”.


  • Compartilhe: