Mesários e colaboradores receberão auxílio via aplicativo do BB

Publicado em: 19/10/2020

Aplicativo do Banco do Brasil já pode ser instalado nos celulares dos mesários e demais colaboradores da Justiça Eleitoral para uso nas Eleições Municipais de 2020
O benefício alimentação dos mesários e colaboradores de 65 zonas do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia será pago por meio do aplicativo Carteira Digital Banco do Brasil. O sistema já pode ser instalado nos celulares de quem irá atuar nas Eleições Municipais 2020. O valor do benefício é de R$ 40 (quarenta reais) e poderá ser pago em dobro, caso haja a necessidade de o colaborador trabalhar no sábado anterior à data do pleito, dia 15 de novembro.

Por se tratar de um projeto piloto, a adesão pelos cartórios eleitorais foi facultativa. Em Salvador, somente a 14ª e a 16ª ZEs pagarão o benefício alimentação utilizando a carteira digital. Nos dois casos, a tecnologia não incluirá os mesários, mas os demais colaboradores – junta eleitoral e coordenadores dos locais de votação.  A maior adesão foi no interior do estado, onde 63 zonas optaram pelo uso do aplicativo.

A relação das zonas que adotaram o sistema do Banco do Brasil será disponibilizada na internet, mas o ideal é consultar o cartório, orienta a coordenadora de  Planejamento, de Eleições e de Logística do TRE-BA, Ana Maria Parcero. “Isso porque nem todos os mesários e colaboradores serão autorizados a utilizar o aplicativo”.

Essa restrição se deve a dois fatores, explica a coordenadora da COELE. O cartório pode ter optado pela forma mista de concessão (carteira digital e dinheiro) ou o Banco do Brasil pode detectar que o CPF do colaborador está irregular. Serão vetados downloads nos seguintes casos: pessoas físicas com CPF irregular; capacidade civil diferente de capaz; cliente BB com CPF/telefone/MCI listados no Serviço de Gestão de Risco nos Negócios; colaborador com problemas relacionados à segurança do celular; smartphones inferiores à versão 5.0 do Android e à versão 10 do IOS ou ainda quando a operadora não for Nextel, Vivo, Claro, Tim e OI.

Consulta

O contato com o cartório poderá ser feito por e-mail (mesariozonaxxx@tre-ba.jus.br). A orientação é substituir xxx pelo número da zona. Por exemplo: mesariozona001@tre-ba.jus.br.  Também é possível entrar em contato com os cartórios por telefone ou WhatsApp, disponíveis na internet. O acesso deve ser feito nesta ordem: www.tre-ba.jus.br/eleitor e eleições/O TRE/Zonas Eleitorais.

A relação dos colaboradores aptos a baixar o aplicativo será divulgada a partir do dia 21/10 no site do TRE-BA (www.tre-ba.jus.br/eleitor e eleições/mesários/Carteira Digital BB). Uma segunda lista será publicada no dia 27/10. Convocações que ocorrerem após o dia 20/10, referentes a substituições também não poderão utilizar o aplicativo. “Nesse caso, todos receberão o benefício em dinheiro, na forma tradicional”, afirma Parcero.

Passo a passo

A COELE preparou um guia com todas as instruções de como baixar o aplicativo e se cadastrar na Carteira Digital bB. O documento mostra como realizar a transferência para outros bancos e para a conta corrente do Banco do Brasil e também traz o passo a passo para a realização do saque em caixa eletrônico do BB e pagamento em máquinas Cielo que recebem código QR.

Acesse o Guia Carteira Digital

A chefe de cartório da 14ª ZE, Silvana Caldas, avalia a carteira digital como uma ferramenta inclusiva. “Não é preciso ter conta em banco, apenas CPF regular. O beneficiário pode ainda sacar o dinheiro em qualquer caixa eletrônico do BB, pode usar o dinheiro para pagar boletos com código de barras, pode pagar compras nas maquininhas CIELO que aceitam pagamento por QR-Code e pode ainda transferir este valor para outra conta corrente do BB ou para qualquer outra conta corrente ou poupança de qualquer outro banco”.

Mesmo que o colaborador não tenha celular, é possível baixar o aplicativo do aparelho de um amigo ou parente, informa Silvana, bastando para isso usar o próprio CPF e não o de terceiros. No domingo da eleição, cada beneficiário receberá a senha final com a qual o dinheiro será creditado em sua carteira. Quem for receber o benefício tem até o dia 8/11 para cadastrar a senha no aplicativo e ter o dinheiro creditado.

“Mas, uma vez digitada a senha e recebido o dinheiro na Carteira, a pessoa poderá usá-lo a qualquer tempo, sem prazo”, informa Silvana. Para ela, a importância de o TRE-BA inovar com o uso do aplicativo está ligada à segurança. “Isso evita tanto o contágio de coronavírus quanto é mais seguro para o mesário, que não estará circulando com dinheiro”.

A chefe da 16ª ZE, Melissa Riesemberg, considera que a Carteira Digital representa mais segurança e praticidade, além de favorecer a simplificação de toda a logística de distribuição e prestação de contas. Para ela, no contexto da pandemia, isso se torna ainda mais relevante. “Todos esses avanços tecnológicos que a Justiça Eleitoral tem realizado são essenciais e já vinham sendo estudados. O que a pandemia fez foi acelerá-los”.

A coordenadora da Coele, Ana Maria Parcero, complementa: “No atual contexto da pandemia, a maior vantagem da utilização da Carteira Digital BB é diminuir o contato dos mesários/colaboradores com o dinheiro, que pode ser um veículo de transmissão do coronavírus. Por outro lado, não havendo distribuição do dinheiro pela Justiça Eleitoral estaremos preservando o distanciamento social necessário para evitar o contágio da Covid-19”.

Fonte: TRE-BA


  • Compartilhe: