Região Oeste ganha investimentos em energia solar

Publicado em: 31/1/2019

As usinas, inauguradas na última semana, ficam no município de Bom Jesus da Lapa, interior do estado. Com investimentos de R$ 244,4 milhões, o primeiro complexo solar da Atlas Renewable Energy no Brasil pode produzir mais de 150 GWh por ano, o suficiente para abastecer 82 mil residências.

O gerente Geral da Atlas no Brasil, Luís Pita, falou sobre o empreendimento: “A irradiação solar é muito boa, as prefeituras que temos relações estão muito bem preparadas na questão ambiental para receber os empreendimentos. Além disso, tem o atendimento e auxílio que recebemos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Tudo isso contribui para olharmos com muito bons olhos a Bahia e firmarmos um importante compromisso com o Estado”.

As obras do complexo Sertão Solar, em Barreiras, também no Oeste têm início previsto para fevereiro. Em Juazeiro a primeira subestação de energia solar 100% digital da América Latina será inaugurada no mês de março.

A secretária da SDE, Luiza Maia, destacou a importância de abrigar o primeiro complexo solar da Atlas no estado: “O sol que tantas vezes castiga a população do semiárido, hoje gera emprego e renda”. A Bahia ocupa o primeiro lugar em geração fotovoltaica no país.

Além de gerar 700 empregos diretos com a implantação das centrais fotovoltaicas, a empresa investiu em trabalhos socioambientais e no plantio de mudas de umbu e projetos que beneficiaram mais de 300 famílias e 19 comunidades no município de Bom Jesus da Lapa. Segundo a multinacional,  duas creches foram construídas pela empresa em escolas locais.

 

Com informações da Ascom/SDE e Atlas
Créditos: Atlas Renewable

  • Compartilhe: