SÍTIO DO MATO: prefeito é condenado pela Justiça Federal

Publicado em: 21/2/2019

A Justiça Federal condenou o prefeito de Sítio do Mato, Alfredo de Oliveira Magalhães Júnior (Alfredinho) por improbidade administrativa.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) de Bom Jesus da Lapa, o atual prefeito de Sítio do Mato, a 822 km de Salvador, não prestou contas de recursos federais para a implantação de um sistema de abastecimento de água na zona rural.

Com a decisão, Alfredinho teve seus direitos políticos suspensos por cinco anos, deve ressarcir os danos causados e pagar multa de dez vezes a remuneração recebida à época.

O prefeito deveria ter concluído as obras do convênio firmado com a Codevasf e prestado contas em 2007, o que não ocorreu. A obra só ficou pronta quando Alfredinho voltou a assumir novo mandato (2013-2016).

Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) constatou ainda a inexistência da relação de bens adquiridos, produzidos ou construídos com os recursos da União, tendo as contas rejeitadas pelo TCU e condenando ao pagamento de multa.

Com informações da Ascom do MPFBA
Fotos: perfil social

  • Compartilhe: