Talita Oliveira cobra criação da Delegacia Especializada em Combate à Corrupção

Publicado em: 02/10/2020

Bahia é o único estado que não possui Delegacia Especializada em Combate à Corrupção

“Em 26 unidades da federação, já foram instaladas 29 delegacias especializadas e um estado com as dimensões e importância da Bahia não pode ficar de fora dessa política de estado”
Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia – ADPEB/Sindicato

No país, ao todo, existem 29 Delegacias de Polícia Especializada no Combate à Corrupção (DECCOR), espalhadas por 26 estados, de acordo com o Ministério da Justiça, a Bahia, no entanto, não faz parte desse grupo.

A autarquia havia estipulado o prazo até o dia 14 de agosto deste ano para o envio do projeto de criação, com vistas ao recebimento de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública, no entanto, nada foi feito pelo Governo do Estado, conforme divulgado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (ADPEB).

Na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), já tramita um projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a criar a Delegacia de Polícia Especializada no Combate à Corrupção (DECCOR).

De acordo com o documento, a DECCOR, com sede em Salvador, teria como competência “adotar as providências de polícia judiciária destinadas à apuração dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em todo o estado da Bahia”.

A deputada estadual e autora da proposta, Talita Oliveira eleva o tom e afirma que “a Bahia está passando vergonha mediante a todos os estado da União”. “ Quando eu apresentei esse projeto, muitos disseram que não adianta enquanto a Polícia for comandada pelo governo. Vocês acham que se a delegacia especializada em combate à corrupção não representasse risco para o PT, o governo não teria feito uma? Eles vão perder R$ 1,3 milhão à toa? Vão perder a oportunidade de dizer que criaram uma delegacia?”, questiona.

A parlamenta afirma que vai pressionar até o texto seja aprovado e a instituição criada. “Chega de corrupção, conformismo e impunidade”, dispara a deputada.

Fonte: Golden Assessoria


  • Compartilhe: