87% dos aposentados do RPPS são recadastrados em 2023; quem está fora deve regularizar situação

Publicado em: 30/1/2024

O ano de 2023 encerrou com 86,7% dos aposentados e pensionistas do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do município de Salvador realizando o recadastramento e a prova de vida junto ao Fundo Municipal da Previdência de Salvador (Fumpres) para manter o seus benefícios. Por outro lado, 13,2% dos beneficiários ainda ficaram de fora, um percentual que corresponde a 9.549 servidores aposentados inativos.

O resultado, considerado elevado, foi comemorado pelo subsecretário da Fazenda (Sefaz) e diretor do Fumpres, Daniel Ribeiro. “Foi um marco para o RPPS, que já vem trabalhando há alguns anos o aprimoramento e a implantação de tecnologia como nossos pilares para facilitar esse serviço. Afinal, fizemos o recadastramento e a prova de vida de forma digital, por meio do aplicativo MEU RPPS e também do portal”, afirmou.

A consequência da não realização dos procedimentos de atualização e de comprovação de vida é a suspensão do benefício. Por isso, é importante que todos os que se enquadrem neste cenário regularizem a sua situação junto ao Fumpres. Para isso, devem comparecer ao setor de Cadastro e Orientação (Secad) da Diretoria de Previdência, localizado na Avenida Joana Angélica, número 399, edifício José Rocha, em Nazaré.

Entretanto, os beneficiários só devem recorrer ao Fumpres após publicação do edital no Diário Oficial do Município (DOM) com a relação de nomes de inativos irregulares. “É importante que os nossos aposentados e pensionistas compreendam que só devem recorrer para regularizar sua situação após a publicação do edital de convocação com os respectivos nomes, que vamos divulgar no nosso site e no Instagram”, reiterou o diretor do Fumpres.


  • Compartilhe: