MUNICÍPIOS

Lauro de Freitas e RMS passam a contar com ônibus 100% elétricos

Publicado em: 05/9/2022

A iniciativa deve minimizar a emissão de poluentes

O município de Lauro de Freitas e demais da Região Metropolitana de Salvador (RMS) passaram a contar com 20 ônibus 100% elétricos, para atender a população na mobilidade urbana. O Projeto-piloto Ecológico foi lançado, nesta segunda-feira (05), pelo governador Rui Costa, ao lado da prefeita Moema Gramacho, no bairro de Ipitanga. Os transportes elétricos vão atender, inicialmente, nas linhas: Ilha de São João x Terminal Pituaçu e Kartódromo (Praia de Ipitanga) x Terminal Pituaçu.

Com investimentos em torno de 45 milhões, os ônibus visam a mudança da matriz energética de alimentação dos sistemas de transporte público coletivo, além de contribuir para minimizar a emissão de poluentes. Segundo o Governo do Estado, os veículos adquiridos equivalem a 5% da frota total do Subsistema Metropolitano a ser renovada. A regulação da operação será realizada pela Agerba, e a empresa responsável pelo serviço será a Viação Jequié Cidade Sol.

O governador Rui Costa destacou que a entrega dos ônibus e a operação do sistema colocam a Bahia e a RMS em tendência global. “Este projeto-piloto é a maior experiência de ônibus elétricos no Brasil. Vamos começar com uma quantidade e depois iremos ampliar de acordo com o aprendizado de como funciona. Esses veículos têm um custo operacional muito menor que os tradicionais. A meta que vamos deixar encaminhada é que toda a frota da metropolitana seja substituída por ônibus elétricos”, disse.

Quem detalhou como será o funcionamento dos ônibus elétricos no sistema metropolitano foi a prefeita Moema Gramacho. “O roteiro vai sair daqui da Praia de Ipitanga, seguindo até a segunda rótula, situada em Vila Praiana, e volta para Salvador, passando pela a Estação Mussurunga e a Estação Pituaçu. “Estamos no primeiro dia do projeto-piloto, mas nossa meta é que este roteiro adentre mais Lauro de Freitas, chegando até o final de linha do Centro, onde teremos um público maior sendo atendido e fazendo a integração com o metrô”, projetou.

Ainda no lançamento, Moema solicitou ao Governo do Estado que a operação do sistema seja ampliada para outras localidades. “Estamos utilizando uma tecnologia inovadora que deixa de emitir CO2. São ônibus com ar-condicionado e wi-fi, o que garante conforto para os passageiros. Portanto, sugiro ao Governo da Bahia que possamos pensar na ampliação do roteiro, uma vez já funcionando, que podemos ter uma linha pegando da UPA de Itinga até a estação de transbordo e de metrô”, conclamou.

Os ônibus serão abastecidos em dois terminais de integração com o Metrô, Retiro e Pituaçu, além do Estádio Roberto Santos (Pituaçu), que dispõe de tecnologia para produção de energia solar.

 

 

Fonte: PMLF


  • Compartilhe: