Deputado Alex Santana endossa cobranças à ViaBahia por melhorias efetivas dos serviços prestados aos baianos

Publicado em: 19/1/2024

A duplicação da BR-116, no trecho situado após a ponte do Rio Paraguaçu até a divisa com Minas Gerais, obra prevista em contrato, mas postergada pela concessionária ViaBahia, é uma das reivindicações antigas dos parlamentares baianos, especialmente do deputado federal Alex Santana (Republicanos-BA), que endossa e fortalece as iniciativas promovidas ao lado do deputado estadual Hassan Lossef (PTB-BA), que juntos vêm intensificando indicações e cobranças à concessionária.

Nesse sentido, Santana, junto a outros colegas, promoveu audiência pública na Câmara dos Deputados no fim de 2023, por meio da qual debateu-se a situação das BRs 324 e 116 e cobrarams providências junto ao Ministério dos Transportes. “Muitas ações foram desenvolvidas, em conjunto com as comissões de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo e a de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), denunciando o descaso, omissão e negligência com que a ViaBahia vem administrando as rodovias BRs 116 e 324 na Bahia, e cobrando o cumprimento do contrato de concessão”, destaca Alex Santana.

Conforme Hassan Lossef, “lamentavelmente, tivemos como resposta um festival de zombaria e desrespeito dessa que é a pior concessionária do Brasil, que recorreu à Justiça para impedir a realização de uma manifestação pacífica na praça de pedágio de Simões Filho, organizada pelos deputados para conscientizar a população. E ainda puniu os usuários das rodovias com dois aumentos das tarifas de pedágio. Tudo isso diante do silêncio e omissão da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), órgão regulador e fiscalizador”.

“A situação atual é de descaso, omissões e desrespeito. As duas rodovias estão esburacadas, sem manutenção, sem iluminação e sinalizações adequadas, e se transformaram, infelizmente, em palcos constantes de graves acidentes e mortes”, reforça Santana, fortalecendo à luta coletiva. “Não vamos desistir. A luta continua. Seguiremos firmes, buscando a resolução ou, em última forma, a realização de uma nova licitação. Desde o ano de 2010 pagamos pedágios caros nas BRs 324 e 116, e até hoje a ViaBahia não honrou os compromissos assumidos”, finaliza Lossef, que é também especialista em políticas públicas


  • Compartilhe: