Em apenas 12 horas de funcionamento, ‘Gripário’ faz cerca de cem atendimentos

Publicado em: 19/8/2020
Doze horas após a inauguração, a Unidade Dedicada ao Atendimento às Síndromes Gripais implantada pela Prefeitura de Salvador na área anexa ao Pronto-Atendimento Maria Conceição Imbassahy, na Rua Marquês de Maracá – Pau Miúdo, já atendeu cerca de cem pessoas. Desse total, dois pacientes apresentaram quadro clínico mais grave e necessitaram do suporte da sala vermelha, estruturada com equipamentos de terapia intensiva, inclusive, respiradores.
O Gripário do Pau Miúdo foi o sexto equipamento do perfil implantado pela gestão municipal – outras unidades já estão funcionando em anexo às UPAs do Barris, Paripe, Valéria, Pirajá/Santo Inácio, além da Ilha de Bom Jesus dos Passos -, um aporte de 89 leitos que garantiram o incremento de 21% da expansão assistencial de emergência em toda cidade.
De acordo com o coordenador médico hospitalar e de urgência, Ivan Paiva, essas unidades destinadas exclusivamente para casos de doenças respiratórias, como a Covid-19 e o H1N1, tem o fluxo de atendimento semelhante a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), baseado no protocolo de classificação de risco, ou seja, os pacientes com estado clínico mais agravado têm prioridade no acolhimento. Paiva destacou ainda que os gripários não devem ser procurados como pontos de testagem para o novo coronavírus.
“Muitas pessoas assintomáticas têm buscado atendimento nos gripários com a finalidade de realizar o teste para Covid-19. Mas é importante salientar que, assim como nas UPAs, os exames diagnósticos são destinados apenas aos pacientes com sintomas mais graves, como preconizado pelo Ministério da Saúde. Alertamos ainda, que essas pessoas assintomáticas além de ficarem mais expostas aos vírus por procurar uma unidade de saúde sem necessidade aparente, também acabam gerando um tempo maior de espera aos pacientes que aguardam atendimento. Por esse motivo, pedimos aos cidadãos que só busquem as unidades caso tenham algum sintoma respiratório”, destacou o médico.
Os seis gripários funcionam de maneira ininterrupta, durante os sete dias da semana, em regime 24 horas.
Fonte: Golden Assessoria

  • Compartilhe: