Equipes combatem incêndios na Chapada e no Oeste do estado

Publicado em: 10/10/2020
Equipes do Governo do Estado já estão atuando nos principais focos de incêndio na Bahia, registrados nas regiões Oeste e Chapada Diamantina. Durante visita ao município de Itaberaba localizado na Chapada, o governador Rui Costa disse que Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Polícia Militar estão trabalhando nas áreas atingidas, utilizando aeronaves, inclusive avião de combate a incêndio.
Com o combate em campo dos bombeiros florestais e brigadistas voluntários, que contaram com o suporte do Programa Bahia Sem Fogo, com o envio de aviões do tipo Air Tractor, os incêndios florestais nos municípios de Barra e Barreiras, na região Oeste do Estado, foram controlados. O Governo do Estado trabalha agora para debelar o incêndio de grandes proporções que atinge os municípios de Andaraí e Mucugê, na Chapada Diamantina.
“Temos focos de incêndio em vários lugares do estado. Os dois maiores foram registrados no Oeste e aqui na Chapada. Infelizmente, o sol e a seca, às vezes também com imprudência e às vezes com má-fé das pessoas, terminam provocando esses incêndios”, disse o governador, reforçando que o Estado está usando todo material humano disponível e equipamentos para debelar o fogo. O combate na Chapada conta com cinco aviões fazendo o lançamento de água diretamente no fogo, e um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer).
Mais bombeiros especialistas já foram convocados e vão somar aos que já estão no combate, totalizando 30 militares. Ainda atuam na Chapada os esquadrões do ICMBio, PrevFogo, diversos brigadistas e técnicos do Inema. Rui informou ainda que dentro Parque da Chapada Diamantina há uma área de responsabilidade da administração federal. “O Estado já acionou os órgãos federais para que coloque efetivo suficiente e, se necessário for, peça reforço ao Estado para ajudar nessas áreas”. Segundo dados do Climatempo, a temperatura para esta sexta-feira na região deve chegar a 38 °C e a intensidade dos ventos em torno de 14 km/h.
“Até dezembro teremos altas temperaturas, baixa umidade e acúmulo de biomassa combustível. Todo cuidado ainda é pouco. Estamos alertando a população, pois um fogo iniciado descuidadamente, criminoso ou não, ao encontrar uma condição favorável, se espalha facilmente e torna-se de difícil controle”, adverte o secretário do Meio Ambiente da Bahia, João Carlos Oliveira. O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) ainda está atuando nos focos de incêndio nos municípios de Morpará e Caturama, com o emprego de 15 bombeiros florestais.
Fonte: SEMA – BA

  • Compartilhe: