LEM: produção de hortaliças complementa renda familiar

Publicado em: 21/8/2020

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Saúde, vem a público informar mais 33 (TRINTA E TRÊS) NOVOS CASOS POSITIVOS PARA O CORONAVÍRUS no município.

Os casos se referem: dezenove pacientes do gênero masculino, entre 08 e 62 anos; quatorze pacientes do gênero feminino, entre 18 e 68 anos. Dois dos pacientes tem história de contato com caso positivo. Os demais pacientes não referem história de viagem ou contato com caso positivo.

Todos os contatos intradomiciliares permanecem em isolamento domiciliar, monitorados e investigados pelo serviço de Telemedicina e pela Vigilância Epidemiológica.

Ressaltamos que todos os procedimentos tem sido deliberados em consonância com as determinações da Organização M…
PROJETO SEMENTES DA INCLUSÃO BENEFICIA MAIS DE 40 FAMÍLIAS NO BAIRRO JARDIM DAS OLIVEIRAS

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio das Secretarias Municipais de Trabalho e Assistência Social e de Agricultura, está promovendo a inclusão social e a geração de renda para famílias carentes do município, através do cultivo de hortaliças, legumes e verduras no bairro Jardim das Oliveiras.

A iniciativa batizada de Projeto Sementes da Inclusão I está contemplando mais de 40 famílias beneficiárias do Bolsa Família, e além de gerar o complemento da renda, também está proporcionando o aprimoramento nutricional na alimentação das famílias.

De acordo com a engenheira agrônoma que coordenada o projeto, Ana Cristina Hamilton Ferreira, neste momento os participantes estão cultivando batata doce, beterraba, cenoura, beringela, pimentão, tomate, quiabo, jiló, alface, coentro, salsa e cebolinha, que estão sendo comercializados nos supermercados da cidade e nas feiras livres.

“A Prefeitura está proporcionando assistência técnica, treinamentos e capacitações para orientar esses pequenos agricultores em todas as etapas, desde o acompanhamento no preparo do solo para o plantio, na colheita, até a chegada dos produtos cultivados ao consumidor”, comentou Ana Cristina.

O projeto Sementes da Inclusão I conta com máquinas próprias para o plantio, como trator tobata, encanteirador, enxada rotativa, carretinha reboque e uma transplantadeira de mudas. A Prefeitura também realizou o cercamento da área onde são cultivados os alimentos, fornece água, energia elétrica, insumos, equipamentos de irrigação por aspersão, equipes técnica e operacional para acompanhar o trabalho das famílias e construiu um galpão para dar suporte no manuseio das verduras.

“A ação é muito importante para essas famílias, pois está gerando inclusão social, renda e contribuindo para uma alimentação mais saudável e rica em nutrientes, uma vez que os produtos cultivados por eles, também são consumidos pela própria família”, concluiu Ana Cristina.

Fonte: PMLEM


  • Compartilhe: