SALVADOR: Associação Marlene Souza começa a funcionar na próxima segunda

Publicado em: 13/8/2020
A entidade fundada com apoio do vereador Joceval Rodrigues em homenagem a ex-vereadora soteropolitana que em decorrência de complicações da Covid-19, começa a funcionar a partir desta segunda-feira (17)
A Associação Marlene Souza – fundada em homenagem à ex-vereadora soteropolitana que faleceu em 14 de julho em decorrência de complicações da Covid-19 – abrirá as portas oficialmente para a população de Salvador a partir da próxima segunda (17).

Localizada na Rua Direta da Mata Escura, número 10, a instituição ofertará atendimentos médicos nas especialidades de ortopedia, clínica geral, dermatologia e pediatria, além de prestar assessoria jurídica gratuita aos moradores da capital baiana. Os atendimentos prestados por profissionais voluntários acontecem de segunda a sexta-feira, sempre das 08 às 17 horas. Os acolhimentos seguirão todos os protocolos necessários para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Um dos apoiadores que viabilizou a implantação do projeto, o vereador e presidente do Cidadania na Bahia, Joceval Rodrigues, destacou a importância de dar continuidade ao relevante trabalho desenvolvido pela ex-parlamentar na comunidade de Mata Escura.

“Não podíamos deixar esse legado esquecido. Por isso, apoiamos a criação da associação para dar continuidade ao trabalho que Marlene vinha realizando e ajudando tantas pessoas. A comunidade não ficará desamparada e a entidade vai criar condições ampliar as ações que vinham sendo realizadas pela colega e amiga. Uma justa homenagem, um presente para a população”, destacou o vereador Joceval Rodrigues.

A solenidade de inauguração da associação acontece neste sábado (15), às 10 horas, na própria sede da instituição.

LEGADO – Marlene Souza foi vereadora de Salvador de 2004 a 2008, era uma das apostas do Cidadania da Bahia para as próximas eleições municipais, mas faleceu no último dia 14 de junho após uma parada cardíaca que sofreu agravamento por conta do contágio pela Covid.
Por conta dos protocolos e regramento da pandemia, o ato de inauguração será realizado com poucas pessoas convidadas, a maioria familiares de Marlene Souza.

Fonte: Golden Assessoria


  • Compartilhe: