SALVADOR

1.500 câmeras inteligentes reforçam a segurança na capital baiana

Publicado em: 15/6/2022

O projeto prevê a instalação de mais 4.000 câmeras, segundo o governo

Mais mil e duzentas “câmeras inteligentes” passam a operar em Salvador nesta terça-feira (14), unindo-se às demais 300 que já funcionam na capital baiana, e 160 terminais de comunicação móvel (smartphones especiais destinados para uso policial) foram entregues às unidades operacionais de Salvador e RMS, pelo Governador Rui Costa e o secretário da Segurança Pública Ricardo Mandarino, em ato simbólico realizado no Centro de Operações e Inteligência.

Os terminais substituem os tradicionais Hand Talks (HTs), como também são conhecidos os aparelhos de comunicação via rádio. A partir de agora, os policiais poderão, através desses novos aparelhos, acessar, produzir e compartilhar informações em formato de áudios, vídeos e fotos em tempo real, entre outras funcionalidades.

As ações integram a primeira etapa da expansão do projeto Video-Polícia, que amplia o parque tecnológico e representa o maior investimento na história da Segurança Pública da Bahia em um único projeto.

A expansão que prevê a instalação de mais de quatro mil câmeras inteligentes na Bahia, além da ampliação dos pontos com reconhecimento facial e de placas veiculares, passa a oferecer a modalidade de análises de situações e comportamentos realizadas através de softwares.

Entre as funcionalidades das câmeras de análise situacional estão a identificação da quantidade de público em um evento fechado e alertas de ultrapassagem de perímetro, que avisam se algum local previamente cadastrado foi violado.

A ampliação da cobertura do Sistema de Reconhecimento Facial e de Placas, que já ajudou a retirar 256 criminosos das ruas desde a implantação do piloto em 2018,  representa o investimento de R$ 665 milhões,  e  prevê a chegada do serviço a outras 77 cidades da Bahia.

 

Fonte: SSP-BA


  • Compartilhe: