SALVADOR

Dia Nacional da Doação de Órgãos: Pronto Atendimento Maria Conceição Santiago Imbassahy recebe primeira doação de córnea da história

Publicado em: 28/9/2023

A unidade é administrada pela Fundação da Associação Bahiana de Medicina (FABAMED) –  empresa que acaba de completar cincos anos à frente da gestão do P.A

Nesta quarta-feira (27) – Dia Nacional da Doação de Órgãos, o Pronto Atendimento (P.A) Maria Conceição Santiago Imbassahy, localizado no Pau Miúdo, realizou a primeira doação de córnea da história da unidade, que é administrada pela Fundação da Associação Bahiana de Medicina (FABAMED) –  empresa que acaba de completar cincos anos à frente da unidade.

A doadora foi uma paciente do sexo feminino.  “Os familiares são os únicos autorizados a permitirem a doação de órgãos, então, é muito importante conversar sobre a doação de órgãos. Foi essa atitude simples que possibilitou fazermos história com a primeira captação de órgãos na unidade, quando completamos cinco anos na gestão e nesse dia importante, que marca essa atenção necessária quanto a relevância da doação de órgãos. Doar órgãos é ter empatia, compaixão e a certeza de que uma parte de alguém que amamos seguirá vivendo em um outro corpo que muito necessita”, destaca Zorilmar Santana, diretora da FABAMED.

Atualmente na Bahia, a fila de espera por uma córnea contabiliza mais de mil pessoas que aguardam em torno de 17 meses pelo tecido. Chama atenção ainda a taxa de negativa familiar, que é igual ou superior a 60%.  Nesse sentido, “a sua decisão pode salvar vidas! Por isso, temos trabalhado e atuado de forma a qualificar cada vez mais as nossas equipes de multiprofissionais, para conscientizar os usuários de que a doação não acarreta nenhum gasto para a família do doador, bem como não interfere na estética do concessor para o funeral, de acordo com a tradição de cada família. Assim, os transplantes permitem que pessoas com alguma deficiência visual por problemas de córnea recuperem a visão”, acrescenta Zorilmar.

Transplante

Durante um transplante de córnea, o botão (ou disco) central da córnea opacificada (embaçada) é trocado por um botão central de uma córnea saudável. Esta cirurgia pode recuperar a visão em mais de 90% dos casos de pessoas que têm alguma deficiência visual, por problemas de córnea. Qualquer indivíduo entre 2 e 70 anos pode ser doador. Diante de uma notificação de potencial doador, será realizada uma triagem através de aplicação de questionário junto aos familiares, revisão de histórico médico e exames de sangue para definir se há alguma contraindicação à doação. Vale lembrar que as córneas podem ser preservadas por até 14 dias após a sua retirada.

 

por Golden Assessoria


  • Compartilhe: