Salvador

Com investimento de R$1,6 milhão, Prefeitura inaugura novo Pronto Atendimento Psiquiátrico no 5º Centro de Saúde

Publicado em: 31/5/2024

A Prefeitura de Salvador entregou nesta sexta-feira (31) a nova unidade do Pronto Atendimento Psiquiátrico (PAP), no 5º Centro de Saúde, nos Barris. Foi investido aproximadamente R$1,6 milhão para a implantação da nova estrutura, para o atendimento de urgências e emergências psiquiátricas. Serão 11 leitos, dos quais oito para adultos, dois pediátricos e um de estabilização adulto/pediátrico.

O prefeito Bruno Reis afirmou que unidades como o PAP passaram a ter nos últimos anos uma demanda muito maior, principalmente depois da pandemia, o que levou à implantação de uma estrutura maior do que a existente até então no 5º Centro. “Entendendo que a pandemia deixaria consequências para todos nós, seja na vida psicossocial, na vida econômica e financeira, ou até mesmo na Educação, sabíamos que seriam necessários investimentos. Nos programamos ao longo dos anos e vamos ampliar a nossa oferta e assistência a todos que precisam de atendimento psiquiátrico e psicossocial”, disse.

O gestor municipal destacou ainda a evolução do 5º Centro na oferta de múltiplos serviços de saúde, com a chegada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris, a implantação recente da Upinha para atendimento infantil e, agora, a ampliação do Pronto Atendimento Psiquiátrico. “O 5º Centro vai virando um verdadeiro polo de serviços de saúde, em uma área central e estratégica da cidade. São unidades acessíveis, onde é mais fácil para as pessoas chegarem”, apontou.

A vice-prefeita e secretária municipal de Saúde, Ana Paula Matos, também ressaltou a importância do novo PAP para a rede municipal de urgência e emergência. “Tínhamos um lugar que prestava o atendimento, com o esforço de toda a equipe, mas que não correspondia à necessidade da população. Esse novo ambiente traz condições de atendimento com dignidade”, pontuou.

Investimentos – A secretária anunciou ainda as próximas entregas da Saúde, como a nova sede do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Maria Célia, no Subúrbio, mais um CAPS IA para infância e adolescência, o Hospital do Homem, um laboratório central e dois multicentros – um novo em Pirajá e um ampliado em Amaralina. “Temos trabalhado dia e noite para cuidar do nosso povo e da nossa cidade. A Saúde sempre teve uma equipe comprometida e capacitada; o que muda agora são as condições de trabalho, o investimento em tecnologia, espaços físicos, fluxos dos processos”, afirmou Ana Paula.

O prefeito também lembrou os avanços na Saúde municipal nos últimos anos, como o aumento da cobertura da atenção básica (de 18% para quase 70%), a ampliação do número de UPAs (de uma para 11), os novos hospitais e multicentros. “Salvador tinha dificuldade de investir 15% da receita corrente líquida em Saúde, como determina a Constituição, e hoje passamos da casa dos 20% todo ano. Nunca se investiu tanto em Saúde como nós estamos fazendo”, comparou.

Além dos 11 leitos, o Pronto Atendimento Psiquiátrico contará com posto de enfermagem, serviço social, psicologia, posto de coleta, três consultórios médicos, farmácia satélite e almoxarifado. Com a implantação do novo PAP, a rede de urgência e emergência municipal contará com 380 leitos de observação em Pronto Atendimento, dos quais 68 de sala vermelha, 97 de observação feminina, 96 de observação masculina, 85 de observação infantil e 34 leitos de isolamento.


  • Compartilhe: