Seções eleitorais são remanejadas para dar celeridade à votação

Publicado em: 30/10/2020

Ação também visa proporcionar comodidade ao eleitor no dia da votação; remanejamento foi determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em razão da necessidade de uniformizar o número de eleitores nas seçõe


A Justiça Eleitoral realizou uma equalização em seções eleitorais, especificamente para a realização das Eleições Municipais 2020, para otimizar a utilização das urnas eletrônicas. O remanejamento foi determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em razão da necessidade de uniformizar o número de eleitores nas seções, visando oferecer mais conforto e celeridade no dia do pleito (15 de novembro). Na Bahia, foram equalizadas 5.375 seções.

Assista o vídeo sobre o assunto

A reorganização dos eleitores ocorre dentro do local de votação, com objetivo de equilibrar a distribuição das seções, sem prejuízos ao exercício do voto, conforme explica a chefe de Atenção ao Cliente, Glória Tourinho. “Tínhamos seções com uma quantidade muito grande de eleitores e outras com uma quantidade muito pequena dentro de um mesmo local de votação. Por isso foi importante realizar a equalização, para que todas as seções dentro de um local tenham quantidade semelhante de eleitores”.

Para o secretário de planejamento, Maurício Amaral, o ordenamento foi um facilitador. “Com a equalização é possível, por exemplo, distribuir 300 eleitores de uma única seção para diferentes seções, de modo que não ultrapasse o limite máximo permitido, de 500 votantes. Desta forma, a seção que só tinha 300 eleitores desaparece. Isso foi feito no estado inteiro, permitindo que reduzíssemos em aproximadamente 10% o número de seções que temos na Bahia”, esclareceu.

Esta ação proporcionou ao TRE baiano a redução de três mil seções, 12 mil mesários e ocasionou na diminuição da quantidade de urnas eletrônicas a serem distribuídas. “Isso tudo possibilitará uma melhor funcionalidade e fluidez ao processo eleitoral”, destacou Amaral.

Seções especiais e acessibilidade

O processo de equalização também foi utilizado para distribuir os eleitores das seções especiais, isto é, aqueles com prioridade na hora de votar. “Como eles ficavam todos concentrados numa mesma seção, eles deixavam de poder exercer essa prioridade. Com a equalização, a Justiça Eleitoral baiana procurou corrigir esse procedimento, mesclando, nas seções, eleitores com e sem prioridade”, afirma Glória Tourinho.

Mesmo com a equalização, a acessibilidade foi respeitada. O eleitor que votava em uma seção acessível foi equalizado para outra seção também acessível. “A gente não pegou alguém do térreo, por exemplo, e colocou no primeiro andar. Isso foi rigorosamente observado”, argumentou Amaral.

Instruções e consulta

Para que as alterações não criem tumulto no dia das eleições, as Zonas Eleitorais irão manter, nos locais de votação, auxiliares de divulgação para orientarem os eleitores.

Para consultar os dados eleitorais, incluindo o novo local de votação e seção, os eleitores também poderão acessar o site do TRE-BA (http://www.tre-ba.jus.br/), baixando o aplicativo e-Título, ligando para (71) 3373-7000 ou falando com a atendente virtual ‘Clara’, por meio do WhatsApp – 71-99602-7777, serviço funciona 24 horas, em todos os dias da semana.

Fonte: TRE-BA


  • Compartilhe: