Secretaria de Proteção Animal segue com aplicação da vacina V10 nesta terça (19)

Publicado em: 18/12/2023

A Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Resiliência, Bem-estar e Proteção Animal (Secis) de Salvador  segue com a aplicação gratuita do imunizante V10 em cães terça-feira (19/12), no Parque São Bartolomeu, no subúrbio da capital baiana (Acesso pela Av. Afrânio Peixoto, mais conhecida como Av. Suburbana).

A pasta vai distribuir, a partir das 09h, mais 1.000 (mil) fichas, que somadas com o quantitativo oferecido na última segunda (18), totalizam 2 mil doses do imunizante. Os interessados serão atendidos por ordem de chegada e podem levar até 2 animais para serem contemplados.

Para ter acesso a V10, é necessário que o tutor leve documento oficial com foto, comprovante de residência de Salvador e o cartão de vacinação do animal. Será realizado um cadastro e, em seguida, a disposição da vacina.

No caso do animal, caso nunca tenha tomado a vacina e seja filhote, é preciso obedecer ao intervalo mínimo de 21 dias entre as doses para a aquisição de anticorpos contra as doenças. A dose de reforço também não deve ultrapassar o período máximo de 30 dias para aplicação. Em casos extremos de doença a vacinação pode ser adiada.

A Secis alerta ainda que é contraindicado vacinar animais doentes ou com uso de antibióticos e anti-inflamatório; cadelas gestantes, lactantes ou no cio; cães que passaram por algum procedimento cirúrgico em menos de 20 dias e animais com menos 45 dias de vida.

As informações sobre a mobilização podem ser acompanhadas na página da Secis no Instagram (@secissalvador).

Prevenção

A vacina V10 é considerada fundamental na prevenção de doenças como: cinomose, parvovirose, coronavirose, adenovirose, parainfluenza, hepatite infecciosa canina, além de quatro tipos de leptospirose, totalizando dez tipos de antígeno.

De acordo com a titular da Secis, Marcelle Moraes reforça que o mutirão democratiza o acesso a qualidade de vida e saúde aos animais de pessoas de baixa renda, protetores independentes e de ONG’s. “Estamos empenhados em oportunizar mais uma vez a V10 para que tutores com vulnerabilidade socioeconômica possam proteger seus cães de forma segura e gratuita. Com total amor, dedicação e responsabilidade social realizamos esse investimento para preservar vidas animais. Essa atitude é de grande valia para muitas famílias, pois cada pessoa utilizando seu CPF terá direito a imunizar dois cães. Vale salientar que o ciclo desse tipo de vacina não é ofertado pelo SUS, ou seja, só é possível encontrar na rede privada e o valor pode chegar a R$ 270”


  • Compartilhe: