Leo Prates defende a aquisição de vacinas contra a Covid-19 pelo setor privado

Publicado em: 30/5/2022

O deputado e ex-secretário da saúde de Salvador, Leo Prates utilizou as redes sociais, neste domingo (29), para defender a aquisição de vacinas contra a Covid-19, por laboratórios e clínicas da rede privada. Atualmente o setor público segue tendo prioridade junto aos fabricantes da vacina. Prates acredita que a atual disponibilidade dos imunizantes e a estagnação na imunização das pessoas, demanda que a rede privada passe a atuar de forma complementar à pública como preconiza a essência do Sistema Único de Saúde.

Para o parlamentar a cobertura ainda tímida da terceira dose, recomendada por especialistas como fundamental para a proteção completa da vacina acende o alerta em relação à possibilidade de novas ondas de contaminação, como vem acontecendo em alguns países asiáticos. Em função disso o apoio do setor privado na imunização, pode ajudar a facilitar o acesso das pessoas à vacina. “O SUS preconiza que a rede privada deve atuar de forma complementar à rede pública no cuidado em saúde da população, por isso acredito que com a maior disponibilidade de doses que temos no momento, a decisão correta é permitir que clínicas, laboratórios e até empresas, possam adquirir as vacinas contra a Covid-19”, explica. “Frequentemente vemos empresas que adotam campanhas de vacinação contra a H1N1, por exemplo, entre os colaboradores no próprio ambiente de trabalho. Estendendo essa possibilidade ao imunizante contra a Covid-19, acredito que essa poderá uma das estratégias que nos ajudarão a acabar com a pandemia de uma vez por todas”, completa.
por Golden Assessoria

  • Compartilhe: