35 líderes de facções e 19 fuzis são localizados em cerco fechado contra traficantes

Publicado em: 02/5/2024

Apoio: Repressão qualificada e ações de inteligência foram intensificadas em 2024, pelas Forças da Segurança Pública.

O cerco fechado contra traficantes de drogas envolvidos com homicídios resultou na localização de 35 líderes de facções e 19 fuzis, em 2024. Um balanço das ações de inteligência e repressão qualificada foi apresentado na manhã desta terça-feira (23), no Centro de Operações e Inteligência (COI) da Secretaria da Segurança Pública.

O secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, ressaltou em sua apresentação, a intensificação nos bairros de Periperi, Vila Verde e Lobato. Um fuzil, uma submetralhadora, pistolas, cerca de 80 carregadores e coletes balísticos foram localizados com cinco criminosos.

“Importante destacarmos também as lideranças encontradas. Entre os 35 localizados em 2024, número superior a todo o ano passado quando 33 acabaram alcançados, 10 integravam o Baralho do Crime da SSP. Cinco destes foram localizados em outros estados”, acrescentou Werner.

O comandante-geral da PM, coronel Paulo Coutinho, enfatizou que o Estado não permitirá que a população fique refém de criminosos. “Seguiremos atuando com firmeza e ao lado das comunidades. Não permitiremos que os mais humildes sejam oprimidos”, completou o oficial.

O trabalho de inteligência foi enfatizado pela delegada-geral da PC, Heloísa Brito. “Capturamos foragidos da Justiça em outros estados. Não adianta se esconder fora da Bahia, pois nós iremos atrás de cada um”, completou a delegada.


  • Compartilhe: