Tiroteios e mortes: entenda o que está acontecendo em Mirantes de Periperi

Publicado em: 17/4/2024

Traficantes do Comando Vermelho (CV), facção nascida no Rio, mas que cria raízes na Bahia, começou a avançar na semana passada para Mirantes de Periperi, em Salvador, com a intenção de controlar o tráfico de drogas no bairro que, até então, era de domínio do rival Bonde do Maluco (BDM).

Intensos tiroteios são registrados no bairro desde a última quarta-feira (10), dia em que o morador Reginaldo Pereira Santos, de 51 anos, foi vítima de bala perdida enquanto estava em sua casa na 4ª Travessa Lindaura Borges. Uma cabeça decapitada e um corpo também foram encontrados na região. A suspeita é de que as vítimas foram torturadas antes de serem mortas.

À medida que vão ganhando espaço no bairro, os traficantes do CV deixam suas marcas nas residências. Por lá, é possível ver imóveis pichados e cravejados de balas. Aulas, atendimentos em unidades de saúde e ônibus foram suspensos devido a sensação de insegurança.

O avanço da criminalidade fez com que o secretário de Segurança Pública da Bahia, Marcelo Werner, determinasse o reforço por tempo indeterminado no combate às facções na região. Na manhã desta quarta-feira (17), uma operação é realizada no bairro. Agentes se concentram na Baixada de Mirantes, onde estariam os criminosos do CV.

Na Bahia, o CV se alinhou ao Comando da Paz (CP), enquanto o BDM fechou parceria com o Primeiro Comando da Capital (PCC). A facção carioca trouxe para a capital baiana seus métodos criminosos, como o uso de barricadas para dificultar o acesso de PMs às áreas dominadas, além da cobrança de “pedágios” para comerciantes locais.


  • Compartilhe: